olha o boneco

O blog de fotografia do MEF-Movimento de Expressão Fotográfica

terça-feira

 

Prémio BES Photo

Augusto Alves da Silva, Daniel Blaufuks, Susanne Themlitz e Vasco Araújo são os artistas seleccionados para a terceira edição do Prémio BES Photo, no valor de 15 mil euros.

A exposição das obras tem inauguração prevista para 18 de Janeiro, numa galeria com mais espaço do que o habitual.

Os quatro artistas pretendem mostrar trabalhos inéditos.

Cada um tem, segundo os estatutos, direito a um subsídio de produção de 3500 euros, tendo sido nomeados por exposições de 1 de Julho de 2005 a 30 de Junho de 2006.

Augusto Alves da Silva foi eleito pela "coerência da sua estratégia deceptiva em torno da imagem fotográfica", patente em 27 Fotografias e um Vídeo (Centro de Artes da Calheta, Madeira).

No Próximo Sábado, de Daniel Blaufuks (Galeria Carlos Carvalho, Lisboa), "demonstrou a maturidade da sua obra fotográfica".

Extroversão, de Susanne Themlitz (Agência Vera Cortês, Lisboa) conferiu "outras visibilidades ao seu universo onírico e singular".

E Vasco Araújo foi escolhido pela "instalação da imagem fotográfica no espaço", na mostra colectiva Densidade Relativa (Gulbenkian) e O Que Eu Fui (Galeria Filomena Soares, Lisboa).

O júri da selecção 2006 foi constituído por Maria do Carmo Serén, Lúcia Marques, Filipa Valadares, Filipa Oliveira e Jürgen Bock.

quinta-feira

 

Newsletter Prova de Contacto 40


segunda-feira

 

Retirado de PUBLICO.PT

Reconhecida carreira de 30 anos
Paulo Nozolino recebe 3º Prémio Nacional de Fotografia

10.07.2006

O fotógrafo Paulo Nozolino venceu o 3º Prémio Nacional de Fotografia, atribuído pelo Centro Português de Fotografia (CPF).
Nascido em Lisboa, em 1955, Paulo Nozolino pode ser considerado um fotógrafo inovador e mesmo experimental, tendo exercido larga influência nas estratégias técnicas e na construção das narrativas fotográficas sobre autores e perspectivas, a nível nacional e internacional, segundo a nota do CPF.
O júri foi unânime em considerar o valor e a pertinência da obra do fotógrafo ao longo de 30 anos de carreira. Nozolino, que estudou pintura na SNBA de Lisboa, começou a fotografar em 1972 e obteve o Higher Diploma in Creative Photography no London College of Printing, Londres, em 1975, ano em que inicia longas viagens pela Europa, Estados Unidos, América Latina, Médio Oriente e Ásia, trabalhando nos "Carnets de Route".
Vinte anos depois, terminou "Penumbra", o seu projecto sobre o Mundo Árabe. Expôs na maioria das capitais europeias, nos Estados Unidos, no Japão e nas grandes instituições culturais portuguesas. Recebeu vários prémios internacionais de fotografia e conhece-se uma vasta bibliografia sobre o seu trabalho. "Far Cry", editado pela Steidl/Museu de Serralves, recebeu o Deutscher Fotobuchpreis 2005.
Este ano, o júri foi constituído pelo pintor Manuel Costa Cabral, em representação da Fundação Calouste Gulbenkian; por Marta Almeida, em representação da Fundação de Serralves/Museu de Arte Contemporânea; pelos fotógrafos Júlio de Matos e Virgílio Ferreira; e por Teresa Siza, directora do CPF.
O espírito deste prémio é distinguir "a carreira de um fotógrafo cuja intervenção criativa seja considerada particularmente relevante no panorama global da produção fotográfica portuguesa pelo seu carácter inovador e susceptível de desencadear processos renovadores".

Arquivos

Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Junho 2005   Julho 2005   Agosto 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007   Dezembro 2007   Março 2008   Agosto 2008   Abril 2009   Maio 2009   Junho 2009   Julho 2009   Setembro 2009   Outubro 2009  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]