olha o boneco

O blog de fotografia do MEF-Movimento de Expressão Fotográfica

terça-feira

 

Blog Encerrado

O Blog Olha o Boneco encontra-se definitivamente encerrado.

Para mais informações:

http://www.mef.pt/

http://movimentodeexpressaofotografica.wordpress.com/


A Direcção

sábado

 

sexta-feira

 

Novos cursos para 2009/10

Novos cursos para 2009/10



O Curso de Iniciação à Fotografia pretende dar a conhecer a fotografia enquanto forma diferente de interpretar a realidade. Tirando partido das máquinas manuais, os participantes utilizarão a fotografia como meio de exploração do seu próprio quotidiano, fotografando mediante directrizes estéticas apreendidas no Curso.

Este curso é constituído por uma parte teórica, em que é dada os princípios básicos da fotografia. Serão realizados dois trabalhos práticos em que se aborda a vertente da fotografia digital e da fotografia convencional (preto e branco).

Curso de Iniciação à Fotografia

...

O Curso de Fotografia Aplicada tem como objectivo sedimentar conhecimentos e despertar questões relativas à fotografia. Durante o curso o aluno é convidado a experimentar as várias áreas da fotografia, permitindo assim um melhor conhecimento das diversas técnicas fotográficas e uma apreensão das estéticas inerentes às mesmas. A metodologia de trabalho durante o curso tem como objectivo a direccionalidade do mesmo para a fotografia enquanto forma de expressão pessoal.

As disciplinas incluídas no Curso de Fotografia Aplicada são: Fotografia de Autor; Fotografia Digital e Edição Digital de Imagens; Iluminação; Fotografia de Retrato; Fotografia de Espectáculo; Fotografia de Nu; Fotografia de Paisagem; Fotografia de Fotojornalismo.

O curso está dividido em 8 Módulos com duração no total de 204 horas, sendo permitido ao aluno fazer o conjunto dos módulos ou fazer os módulos individualmente. Todos os módulos incluem uma parte teórica e uma parte prática.






quarta-feira

 

Novos Cursos 2009/10




Novos cursos para 2009/10


O Curso de Iniciação à Fotografia pretende dar a conhecer a fotografia enquanto forma diferente de interpretar a realidade. Tirando partido das máquinas manuais, os participantes utilizarão a fotografia como meio de exploração do seu próprio quotidiano, fotografando mediante directrizes estéticas apreendidas no Curso.

Este curso é constituído por uma parte teórica, em que é dada os princípios básicos da fotografia. Serão realizados dois trabalhos práticos em que se aborda a vertente da fotografia digital e da fotografia convencional (preto e branco).



...



O Curso de Fotografia Aplicada tem como objectivo sedimentar conhecimentos e despertar questões relativas à fotografia. Durante o curso o aluno é convidado a experimentar as várias áreas da fotografia, permitindo assim um melhor conhecimento das diversas técnicas fotográficas e uma apreensão das estéticas inerentes às mesmas. A metodologia de trabalho durante o curso tem como objectivo a direccionalidade do mesmo para a fotografia enquanto forma de expressão pessoal.

As disciplinas incluídas no Curso de Fotografia Aplicada são: Fotografia de Autor; Fotografia Digital e Edição Digital de Imagens; Iluminação; Fotografia de Retrato; Fotografia de Espectáculo; Fotografia de Nu; Fotografia de Paisagem; Fotografia de Fotojornalismo.

O curso está dividido em 8 Módulos com duração no total de 204 horas, sendo permitido ao aluno fazer o conjunto dos módulos ou fazer os módulos individualmente. Todos os módulos incluem uma parte teórica e uma parte prática.




segunda-feira

 

Convite Exposição de Fotografia Memória e Histórias de Vida

Local da antiga padaria do Sr. Armando. Rua do Vale Formoso de Cima.
Fotografia de Agostinho Bastos.

A Oficina de Fotografia/DAS/CML e o Movimento de Expressão Fotográfica convidam para a abertura da exposição
Memória e Histórias de Vida
dia 10 de Julho às 16h30m no Palácio de Santa Catarina
(Rua Marechal Saldanha, Miradouro de Santa Catarina, Lisboa)
...

Horário de funcionamento: 14h30m / 21h30m
Dias de Abertura: de 10 de Julho a 2 de Agosto (encerra às segundas-feiras)

...

O Projecto “Atelier de Fotografia – Memória e Histórias de Vida” – um olhar pelo passado e pelo presente, nasce a partir de uma parceria entre a residência e centro de dia Quinta das Flores, pertencente à Santa Casa de Misericórdia de Lisboa, a Oficina de fotografia do Departamento de Acção Social da Câmara Municipal de Lisboa e o Movimento de Expressão Fotográfica. A imagem é uma forma da representação da realidade passada. Através da imagem fotográfica ficam guardados momentos, lembranças, imagens que não queremos perder, que queremos guardar não só na memoria mas por forma a termos um rápido acesso a essa memoria que passou.

Alunos participantes no projecto:
Agostinho Bastos, Graciete Fontes, Joaquina de Jesus, Teresa Coelho, Vitória silva.
Mais informações: www.mef.pt

quinta-feira

 





A Oficina de Fotografia/DAS/CML
e o Movimento de Expressão Fotográfica
convidam para a abertura da exposição
Paisagens do Vento
dia 2 de Julho às 17h30m
no Palácio de Santa Catarina em Lisboa.

No seguimento do projecto Imagine Conceptuale, que desenvolvemos desde 2003 com alunos com deficiências visuais extremas, e onde foi sempre dada primazia à utilização do som enquanto descrição e identificação da imagem, nasceu o projecto Paisagens do Vento, onde se procurou abordar a realização de imagens onde a própria imagem não se encontra, tomando-se o caminho da verdadeira conceptualização da imagem fotográfica. Para isso recorremos ao som identificativo dos lugares ou assuntos como percepção espacial.

Convidámos mais uma vez a Associação Promotora de Emprego para Deficientes Visuais (APEDV) a desenvolver este projecto em parceria com o Movimento de Expressão Fotográfica - MEF e a Oficina da Fotografia do Departamento de Acção Social da Câmara Municipal de Lisboa. O projecto passou por diversas fases, partindo da captação de imagens e do som, à sua interpretação, terminando agora nesta exposição. É dada, assim, ao público a hipótese de se colocar na pele de um cego, experienciando as imagens através do seu relevo táctil, não visível.





Exposição integrada no Projecto Periferias

http://www.mef.pt

Palácio de Santa Catarina
Rua Marechal Saldanha, Miradouro de Santa Catarina, Lisboa

segunda-feira

 

Novidades em Formação



Workshop Fotografia Etnográfica

A parte prática deste workshop será passada entre a ribeira e o monte,
como elementos de cenário um magnifico burro e sua carroça
e não poderia faltar um rebanho de ovelhas.
Uma quinta com touros em ambiente selvagem, um cavalo com campino, arrozais com mondadeiras, e temos a eira, um monte antigo junto à quinta onde podemos encenar o namoro à antiga com putos a brincar .

Mais informações AQUI

_______________________________

Workshop As Linguagens Estéticas e a Fotografia

Desenvolvimento da cultura visual dos participantes através
de uma reflexão sobre a história da arte e da fotografia.

Mais Informações AQUI

_______________________________



Workshop de Fotografia de Desporto

Este workshop realizado sobre a fotografia de desporto
tem a sua vertente prática durante todos os 2ºs Jogos da Lusofonia, constituindo a equipa de fotógrafos do evento olímpico.

Vários horários.

Mais Informações sobre o workshop AQUI


Informações sobre os horários dos jogos AQUI






 

Zen e a Arte de Tiro com Arco


Excerto da obra
«Neste livro admirável, o Professor Herrigel, filósofo alemão que veio para o Japão e exercitou a arte do tiro com arco para compreender o Zen, concede-nos um relato esclarecedor da sua própria experiência. A sua maneira de se expressar aproximará o leitor ocidental daquela singular e aparentemente inacessível forma da vivência oriental.»

«Um dos aspectos mais significativos na prática do tiro com arco - e em qualquer outra arte praticada no Japão e provavelmente também noutros países do Extremo Oriente - é o facto de não ter quaisquer propósitos utilitários, nem se destinar à pura fruição estética. Na verdade, representa um exercício da consciência, com o objectivo de a pôr em contacto com a realidade última. Assim, não se pratica o tiro com arco no mero intuito de acertar no alvo, nem se maneja a espada com o fim de vencer o adversário; o bailarino não dança apenas para executar um movimento rítmico: acima de tudo pretende-se harmonizar o consciente com o inconsciente.»


sexta-feira

 

Workshop de Fotografia de Desporto


Workshop de Fotografia de Desporto


quinta-feira

 

Com Início a 7 de Julho
o MEF - Movimento de Expressão Fotográfica promove juntamente com o Formador José Oliveira um conjunto de Seminários.
O objectivo deste conjunto de apresentações é o desenvolvimento da cultura visual dos participantes através de uma reflexão sobre a história da arte e da fotografia, analisando os desenvolvimentos estéticos em cada época, e contextualizando-os socialmente no âmbito nacional e internacional.
O programa consta de quatro seminários e mais uma quinta sessão de apresentação de imagens dos formandos e debate.
Datas: 7, 9, 14, 16, 23 de Julho às 19h30m
Duração total: 11 horas
Valor: 100€
Local de formação: Palácio de Verride, Rua Marechal Saldanha (Miradouro de Santa Catarina, Lisboa)
Dossier do Workshop:
http://www.mef.pt/ficheiros/formacao/workshops/Linguagens_esteticas/MEF_Estetica_Fotografia.pdfMais
Mais Informações:
http://www.mef.pt/ficheiros/formacao/workshops/Linguagens_esteticas/as_linguagens_esteticas_e_a_fotografia.htm

quarta-feira

 

segunda-feira

 

Workshop Fotografia de Reportagem








terça-feira

 

Workshop Teatro FATAL



domingo

 

Voltaremos na Gravana - Exposição de Fotografia



quinta-feira

 


Fotógrafos_em_Marvila


terça-feira

 

Fotógrafos_em_Marvila


quinta-feira

 

Prova de Contacto 43


 

Exposição projecto_Lisboa


Encerrou

projecto_Lisboa [Fotografia_de_Autor] Estufa-fria

5 dias de montagem

18 colaboradores na montagem e desmontagem da estrutura

10 colaboradores na montagem da iluminação

2 colaboradoras na limpeza do espaço

20 autores

2 arquitectos

1 designer

3 produtores MEF

2 produtoras OFICINA DA FOTOGRAFIA

1500 convites

1000 catálogos

900 capas

500 cartazes

26 dias de exposição

600 convidados na inauguração

1023 visitantes

535 tubos de andaime

5oo metros de cabo de aço

300 metros de pano

104 metros de velcro

700 cerra cabos

110 projectores de iluminação

3 dias de desmontagem

200 fotografias

1 tela

Muitos amigos

2 anos de trabalho

Obrigado a todos


 

Imagine_Conceptuale, Do_Outro_Lado

Exposição
Imagine_Conceptuale
e
Do_Outro_Lado
no Arquivo Fotográfico de Lisboa
DATAS DE EXPOSIÇÃO A ANUNCIAR BREVEMENTE

domingo

 

Prova de Contacto 42


 

Convite projecto_Lisboa


O Movimento de Expressão Fotográfica-MEF
e a Oficina da Fotografia/DAS/CML
convidam para a inauguração da exposição fotográfica

dia 19 de Outubro
pelas 18horas

Na Nave da Estufa Fria em Lisboa,
Esta exposição estará aberta todos os dias das 9.00h às 16.30h,
até 14 Novembro.
[Parque Eduardo VII, em Lisboa]
Uma co-produção:


segunda-feira

 

projecto_Lisboa


Press Release


O Movimento de Expressão Fotográfica-MEF

e a Oficina da Fotografia/DAS/CML


apresentam

5 Exposições de Fotografia


Fotografia_de_Autor e Fotografia_Aérea [a partir de grua]
Na Nave da Estufa Fria em Lisboa,
com inauguração dia 19 de Outubro,
aberta todos os dias das 9.00h às 16.30h, até 14 Novembro.
[Parque Eduardo VII, em Lisboa]

Fotógrafos_em_Marvila
Na Mansão de Marvila em Lisboa,
e no CASL - Centro de Apoio Social de Lisboa
ambas com inauguração no dia 26 de Outubro, até 26 de Novembro.
[Mansão de Marvila - Rua Direita de Marvila, nº 9, Lisboa]
[CASL - Rua Açucar, nº 64, Lisboa]

e

Imagine_Conceptuale III e Do_Outro_Lado
No Arquivo Fotográfico Municipal de Lisboa,
com inauguração dia 28 de Novembro,
aberta de segunda a sexta, das 10h às 19h, até 2 de Fevereiro.
[Rua da Palma, nº 246, Lisboa]

A base de trabalho do projecto_Lisboa, Fotografia_de_Autor foi realizada por uma vintena de fotógrafos (ex-alunos e sócios do MEF - Movimento de Expressão Fotográfica e também convidados), a trabalhar temas diversos ligados à cidade de Lisboa, que resultaram numa confluência de olhares, naturalmente dispersos pelas várias interpretações possíveis de e sobre uma cidade, e pelas opções estéticas ou meios técnicos usados (estes da total e livre responsabilidade dos autores). Este é o núcleo central da exposição e da edição do livro do projecto, lançado em fascículos, que pretende constituir-se como base de reflexão e reflexo da evolução dos trabalhos ao longo do ano e meio de duração do projecto.


Dentro deste corpus de trabalho surgem alguns projectos colaterais, como a Fotografia_Aérea, fotografia aérea das praças de Lisboa a partir de grua (em colaboração com o Departamento de Reparação e Manutenção Mecânica), e Do_Outro_Lado (trabalho sobre os serviços camarários “invisíveis” que mantêm a cidade a funcionar).


A par deste trabalho desenvolveram-se uma série de projectos sociais, que procuraram democratizar o acesso à imagem, formar novos públicos e fomentar a constituição de interlocutores neste diálogo visual e de participantes activos na “sociedade da imagem” em que vivemos.


Projectos sociais:

Fotógrafos_em_Marvila (trabalho alargado com a população de Marvila)
Este projecto envolveu ex-alunos dos Cursos Avançados e do Núcleo de Fotografia da Oficina de Fotografia, fotógrafos e população local numa exploração dos espaços, vivências e memórias da freguesia de Marvila, pretendendo – ao mesmo tempo que fomenta a continuidade e o desenvolvimento do trabalho fotográfico de ex-alunos da Oficina - possibilitar à população local o contacto com a fotografia, apresentar e afirmar a fotografia enquanto forma de observação e exploração do quotidiano, desenvolver a expressão artística e cultural através da fotografia, aperceber e fomentar redes sociais, permitindo uma melhor integração da Oficina de Fotografia no tecido social em que se insere e o estabelecimento de pontes para posteriores actuações.


Imagine_Conceptuale III (cursos de fotografia para pessoas portadoras de deficiências visuais extremas)
O projecto Imagine Conceptuale começou com uma interrogação: "que percepção terá da fotografia uma pessoa que não vê, ou que vê muito pouco?" Em 2003 o fotógrafo Luís Rocha, em representação do MEF - Movimento de Expressão Fotográfica decidiu interpelar sobre o assunto a APEDV - Associação Promotora de Emprego de Deficientes Visuais. O resultado foram dois cursos de fotografia em que o entusiasmo de poder "aumentar o real" a um ponto em que se torna perceptível, até para um amblíope em alto grau, se aliou ao aliciante "conceptual" de produzir um objecto artístico cuja comunicação com o público se dá exactamente através do sentido que o seu autor menos domina: a visão.


Este ano o Imagine_Conceptuale (na sua terceira edição) leva os alunos a revisitar as suas memórias visuais de Lisboa (do tempo em que viam bem, ou formadas pelas descrições e vivências que ao longo da vida recolheram) para a criação de conceitos imagéticos que darão origem a imagens. Em parceria com o CEM - Centro em Movimento, pela mão de Sofia Neuparth, o conceito do projecto passou a conter não só a vertente da imagem como também a da procura da expressão do corpo, da pesquisa interior, de uma introspecção em que buscaram as nossas/suas histórias.

MAIS INFORMAÇÕES EM: http://geral.mef.googlepages.com/projectolisboa

MEF - Movimento de Expressão Fotográfica e Oficina de Fotografia/DAS/CML


 

Novos endereços MEF

Site MEF
Galeria MEF
Novos Cursos de Fotografia MEF
Novo projecto fotográfico MEF
Newsletter Prova de Contacto
Jornal Sofá de Molas

sexta-feira

 

Newsletter Prova de Contacto 41


 

Datas e Locais das Exposições do projecto_Lisboa

Fotografia_de_Autor
Na Nave da Estufa Fria em Lisboa,
com inauguração dia 19 de Outubro,
aberta todos os dias das 9.00h às 16.30h, até 14 Novembro.
[Parque Eduardo VII, em Lisboa]

Fotógrafos_em_Marvila
Mansão de Marvila em Marvila Lisboa,
com inauguração no dia 26 de Outubro,
aberta todos os dias, até 26 de Novembro.
[Rua Direita de Marvila, nº 9, em Lisboa]

Fotografia_Aérea
Na Nave da Estufa Fria em Lisboa,
com inauguração dia 19 de Outubro,
aberta todos os dias das 9.00h às 16.30h, até 14 Novembro.
[Parque Eduardo VII, em Lisboa]

Imagine_Conceptuale III
No Arquivo Fotográfico Municipal de Lisboa,
com inauguração dia 28 de Novembro,
aberta de segunda a sexta, das 10h às 19h, até 2 de Fevereiro.
[Rua da Palma, nº 246, Lisboa]

Do_Outro_Lado
No Arquivo Fotográfico Municipal de Lisboa,
com inauguração dia 28 de Novembro,
aberta de segunda a sexta, das 10h às 19h, até 2 de Fevereiro.
[Rua da Palma, nº 246, Lisboa]

terça-feira

 

Prémio BES Photo

Augusto Alves da Silva, Daniel Blaufuks, Susanne Themlitz e Vasco Araújo são os artistas seleccionados para a terceira edição do Prémio BES Photo, no valor de 15 mil euros.

A exposição das obras tem inauguração prevista para 18 de Janeiro, numa galeria com mais espaço do que o habitual.

Os quatro artistas pretendem mostrar trabalhos inéditos.

Cada um tem, segundo os estatutos, direito a um subsídio de produção de 3500 euros, tendo sido nomeados por exposições de 1 de Julho de 2005 a 30 de Junho de 2006.

Augusto Alves da Silva foi eleito pela "coerência da sua estratégia deceptiva em torno da imagem fotográfica", patente em 27 Fotografias e um Vídeo (Centro de Artes da Calheta, Madeira).

No Próximo Sábado, de Daniel Blaufuks (Galeria Carlos Carvalho, Lisboa), "demonstrou a maturidade da sua obra fotográfica".

Extroversão, de Susanne Themlitz (Agência Vera Cortês, Lisboa) conferiu "outras visibilidades ao seu universo onírico e singular".

E Vasco Araújo foi escolhido pela "instalação da imagem fotográfica no espaço", na mostra colectiva Densidade Relativa (Gulbenkian) e O Que Eu Fui (Galeria Filomena Soares, Lisboa).

O júri da selecção 2006 foi constituído por Maria do Carmo Serén, Lúcia Marques, Filipa Valadares, Filipa Oliveira e Jürgen Bock.

quinta-feira

 

Newsletter Prova de Contacto 40


segunda-feira

 

Retirado de PUBLICO.PT

Reconhecida carreira de 30 anos
Paulo Nozolino recebe 3º Prémio Nacional de Fotografia

10.07.2006

O fotógrafo Paulo Nozolino venceu o 3º Prémio Nacional de Fotografia, atribuído pelo Centro Português de Fotografia (CPF).
Nascido em Lisboa, em 1955, Paulo Nozolino pode ser considerado um fotógrafo inovador e mesmo experimental, tendo exercido larga influência nas estratégias técnicas e na construção das narrativas fotográficas sobre autores e perspectivas, a nível nacional e internacional, segundo a nota do CPF.
O júri foi unânime em considerar o valor e a pertinência da obra do fotógrafo ao longo de 30 anos de carreira. Nozolino, que estudou pintura na SNBA de Lisboa, começou a fotografar em 1972 e obteve o Higher Diploma in Creative Photography no London College of Printing, Londres, em 1975, ano em que inicia longas viagens pela Europa, Estados Unidos, América Latina, Médio Oriente e Ásia, trabalhando nos "Carnets de Route".
Vinte anos depois, terminou "Penumbra", o seu projecto sobre o Mundo Árabe. Expôs na maioria das capitais europeias, nos Estados Unidos, no Japão e nas grandes instituições culturais portuguesas. Recebeu vários prémios internacionais de fotografia e conhece-se uma vasta bibliografia sobre o seu trabalho. "Far Cry", editado pela Steidl/Museu de Serralves, recebeu o Deutscher Fotobuchpreis 2005.
Este ano, o júri foi constituído pelo pintor Manuel Costa Cabral, em representação da Fundação Calouste Gulbenkian; por Marta Almeida, em representação da Fundação de Serralves/Museu de Arte Contemporânea; pelos fotógrafos Júlio de Matos e Virgílio Ferreira; e por Teresa Siza, directora do CPF.
O espírito deste prémio é distinguir "a carreira de um fotógrafo cuja intervenção criativa seja considerada particularmente relevante no panorama global da produção fotográfica portuguesa pelo seu carácter inovador e susceptível de desencadear processos renovadores".

quarta-feira

 

 

[UMA FOTOGRAFIA POR MÊS] 3ª



[UMA FOTOGRAFIA POR MÊS]
3ª Fotografia da Mostra

No próximo dia 9 de Junho de 2006
pelas 21h30m
e integrado no

projecto_Lisboa

o MEF - Movimento de Expressão Fotográfica
expõe a 3ª Fotografia da Mostra
[UMA FOTOGRAFIA POR MÊS]
da autoria de
Luís Rocha
com a fotografia
Elevador da Bica

esta mostra tem lugar no
Grupo Excursionista VAI TU
Elevador da Bica, Bairro da Bica - Lisboa
Produção: MEF / Oficina da Fotografia
Produção Executiva: Luís Rocha, Tânia Araújo
Apoio: Grupo Excursionista VAI TU
Agradecimentos: Corpos Sociais do VAI TU
MEF - Movimento de Expressão Fotográfica

quinta-feira

 

[UMA FOTOGRAFIA POR MÊS]
4ª Fotografia da Mostra

No próximo dia 7 de Julho de 2006
pelas 21h30m e integrado no
projecto_Lisboa

o MEF - Movimento de Expressão Fotográfica
expõe a 4ª Fotografia da Mostra
[UMA FOTOGRAFIA POR MÊS]


da autoria de
Tânia Araújo

com a fotografia
PAISAGENS DO CORPO [3]

esta mostra tem lugar no
Grupo Excursionista VAI TU
Elevador da Bica, Bairro da Bica - Lisboa


Produção: MEF / Oficina da Fotografia
Produção Executiva: Luís Rocha, Tânia Araújo
Apoio: Grupo Excursionista VAI TU
Agradecimentos: Corpos Sociais do VAI TU

MEF - Movimento de Expressão Fotográfica

segunda-feira

 

sexta-feira

 

domingo

 

[UMA FOTOGRAFIA POR MÊS] - 2ª Fotografia da Mostra




No próximo dia 5 de Maio pelas 21h 30m
e integrado no
o MEF - Movimento de Expressão Fotográfica


expõe a 2ª Fotografia da Mostra

[UMA FOTOGRAFIA POR MÊS]

da autoria de

Tânia Araújo

com a fotografia


PAISAGENS DO CORPO [3]

esta mostra tem lugar no
Grupo Excursionista VAI TU


Elevador da Bica, Bairro da Bica - Lisboa


Inauguração da Exposição - 2ª Imagem
5 de Maio pelas 21h30m

Autor da 2ª Imagem exposta: Tânia Araújo
Imagem exposta: PAISAGENS DO CORPO [1]

Produção: MEF / Oficina da Fotografia

Produção Executiva: Luís Rocha, Tânia Araújo

Apoio: Grupo Excursionista VAI TU

Agradecimentos: Corpos Sociais do VAI TU


quinta-feira

 

As Linguagens Estéticas e a Fotografia

As Linguagens Estéticas e a Fotografia

PROGRAMA

Com Início a 2 de Maio
o MEF - Movimento de Expressão Fotográfica
promove juntamente com
o Formador José Oliveira
um conjunto de Seminários.

O objectivo deste conjunto de apresentações
é o desenvolvimento da cultura visual dos participantes
através de uma reflexão sobre a História de Arte e da Fotografia.


De 2 de Maio a 6 de Junho de 2006

Horário:
Terças-feiras das 19h30m às 21h30m

Duração:
11 horas

Local:
Rua Ferreira de Castro / Bairro da Flamenga
Metro Bela Vista - Autocarros 10, 59, 103, 104
Junto ao parque da BelaVista

Local de inscrição e contactos:Espaço Municipal da Flamenga / Oficina da Fotografia

Rua Ferreira de Castro / Bairro da Flamenga
Tel: 21 831 12 26 (SARA RODRIGUES ou ISABEL SANTOS)
96 583 16 20 (TÂNIA ARAÚJO)

e-mail:geral.mef@gmail.com

Formador:
José Oliveira

Apoio:
Câmara Municipal de Lisboa / Departamento de Acção Social / Oficina da Fotografia

 

Curso de Fotografia Digital

O MEF - Movimento de Expressão Fotográfica
e o formador e fotógrafo José Gomes Ferreira
promovem nos dias 8 a 12 de Maio de 2006,
em horário pós-laboral ,
um Curso de Fotografia Digital.

Local de formação:
Espaço Municipal da Flamenga / Oficina da Fotografia
Rua Ferreira de Castro / Bairro da Flamenga
Metro Bela Vista - Autocarros 10, 59, 103, 104
Junto ao parque da BelaVista

Local de inscrição e contactos:SARA RODRIGUES ou ISABEL SANTOS
Espaço Municipal da Flamenga / Oficina da Fotografia
Rua Ferreira de Castro / Bairro da Flamenga Tel: 21 831 12 26

MEF - Movimento de Expressão Fotográfica
e-mail: geral.mef@gmail.com
Tel: 96 252 74 53

JOSÉ GOMES FERREIRA
e-mail: forma@jgferreira.com

Horário da formação:5 sessões das 19:00 às 22:30 (Total 17,5 Horas).

Equipamento: Nikon D70 e 1 Computador por Formando

Valor: 125€

Mais informações:
http://www.jgferreira.com/fotodigital.html

Ficha de Inscrição:

http://www.jgferreira.com/FichaInscMEF.pdf

Conteúdos / programas:
http://www.jgferreira.com/FotoDigital.pdf

segunda-feira

 

[UMA FOTOGRAFIA POR MÊS]


o MEF - Movimento de Expressão Fotográfica
e o
Grupo Excursionista VAI TU

apresentam

[UMA FOTOGRAFIA POR MÊS]

No seguimento do trabalho desenvolvido pelo MEF - Movimento de Expressão Fotográfica no projecto fotográfico "projecto_Lisboa" e que se baseia num retrato em fotografia da cidade de Lisboa contando com a participação de cerca de 30 fotógrafos com data de apresentação final em Outubro na Estufa-fria, o MEF com o apoio do Grupo Excursionista VAI TU realiza um pequena mostra das imagens produzidas no Bairro da Bica pelos autores envolvidos no projecto_Lisboa. A mostra estará patente cerca de 7 meses compreendendo os meses de Abril a Outubro de 2006 e ocupará a montra na fachada, sendo exposta uma imagem por mês devidamente referenciada quanto ao seu conteúdo e envolvimento no projecto_Lisboa.


Inauguração da Exposição - 1ª Imagem
7 de Abril pelas 21h30m

Autor da 1ª Imagem exposta: Luís Rocha
Imagem exposta: Cão na Padaria

Produção: MEF / Oficina da Fotografia
Produção Executiva: Luís Rocha, Tânia Araújo
Apoio: Grupo Excursionista VAI TU
Agradecimentos: Corpos Sociais do VAI TU

terça-feira

 

Acção de Fotografia Digital - Iniciação

Acção de Fotografia Digital - Iniciação
Fevereiro 2006

13 a 17 Fevereiro de 2006
das 19:00 às 22:30 (Total 17,5 Horas)
Mais informações

 

Curso de Laboratório a Preto e Branco

Curso de Laboratório a Preto e Branco

Sábados - das 15h às 19h
40 horas
de 11 de Março a 20 de Maio
Mais Informações

 

IX Bienal de Fotografia de V. F. de Xira

Na
IX Bienal
de
Vila Franca de Xira
o
MEF
está representado por

Luís Rocha
[mensão honrosa na Bienal]

e por
Andreia Nunes

com trabalhos do

projecto_Lisboa

Tânia Araújo,
participante do projecto_Lisboa foi vencedora
do Tema Concelho da IX Bienal de Fotografia de V. F. de Xira

Manuel Luís Cochofel,
participante no projecto_Lisboa foi Vencedor
E x-aequo da IX Bienal de Fotografia de V. F. de Xira






Bienal de Fotografia de Vila Franca de Xira

9.ª Bienal de Fotografia
21 de Janeiro a 26 de Fevereiro
Celeiro da Patriarcal, Rua Luís de Camões, nº 130, Vila Franca de Xira
Horário: 3.ª a 6.ª – feira, das 14h às 19h; sábados e domingos, das 15h às 19h.

Inauguração a 21 de Janeiro, às 17h


sexta-feira

 

A PRINCESA DO AMOR DE SAL

O MEF e a Companhia de Teatro A BARRACA
associaram-se mais uma vez.

Na nova peça levada a cena pela A BARRACA as fotos foram realizadas
por Tânia Araújo do MEF, no âmbito do acordo existente entre as duas entidades.

À Companhia de Teatro A BARRACA quer o MEF endereçar os maiores agradecimentos pelo convite.

"(...)Era uma vez A Princesa do Amor de Sal…"
Rita Lello

 

ANTES DE COMEÇAR - de Almada Negreiros

O MEF e a Companhia Teatral do Chiado associaram-se mais uma vez.

Na nova peça levada a cena pela CTC as fotos foram realizadas
pelos alunos do Curso de Fotografia Aplicada no âmbito do curso.

E por fotógrafos do MEF: Luís Rocha e Rodolfo Barros

À companhia quer o MEF endereçar os maiores agradecimentos pela disponibilidade demonstrada.

"(...) as pessoas antes de serem grandes começam por ser pequeninas!", Almada Negreiros

terça-feira

 

Curso de Fotografia Digital

O MEF - Movimento de Expressão Fotográfica
e o formador e fotógrafo José Gomes Ferreira
promovem de 09 a 13 de Janeiro 2006
em horário pós-laboral
um Curso de Fotografia Digital.

Local de formação:
Espaço Municipal da Flamenga / Oficina da Fotografia
Rua Ferreira de Castro / Bairro da Flamenga
Metro Bela Vista - Autocarros 10, 59, 103, 104
Junto ao parque da BelaVista

Local de inscrição e contactos:
ISABEL SANTOS
Espaço Municipal da Flamenga / Oficina da Fotografia
Rua Ferreira de Castro / Bairro da Flamenga
Tel: 21 831 12 26
MEF - Movimento de Expressão Fotográfica
e-mail: geral.mef@gmail.com
Tel: 96 252 74 53
JOSÉ GOMES FERREIRA
e-mail: info@jgferreira.com

Horário da formação:
5 sessões das 19H às 22:30H (Total 17,5 Horas).

Equipamento:
Nikon D70 e 1 Computador por Formando

Mais informações AQUI

Valor:125€

sexta-feira

 

Newsletter - Prova de Contacto 27


terça-feira

 

Acção de Fotografia Digital - Iniciação

Acção de Fotografia Digital - Iniciação

O MEF - Movimento de Expressão Fotográfica
e o formador e fotógrafo José Gomes Ferreira
promovem nos dias21, 22, 23, 24, 25 e 26 de Novembro
um Curso de Fotografia Digital.

Local de formação:
Espaço Municipal da Flamenga / Oficina da Fotografia
Rua Ferreira de Castro / Bairro da Flamenga
Metro Bela Vista - Autocarros 10, 59, 103, 104
Junto ao parque da BelaVista

Local de inscrição e contactos:
ISABEL SANTOS
Espaço Municipal da Flamenga / Oficina da Fotografia
Rua Ferreira de Castro / Bairro da Flamenga
Tel: 21 831 12 26

MEF - Movimento de Expressão Fotográfica
e-mail: geral.mef@gmail.com
Tel: 96 252 74 53

JOSÉ GOMES FERREIRA
e-mail: jgf@netcabo.pt

Horário da formação:
5 sessões das 16 às 19:30 H (Total 17,5 Horas).

Valor:125€

Programa Curso Fotografia Digital.pdf


NOTA: ESTE POST FOI INSERIDO COM O APOIO DE JORGE FOLHA
[http://www.forumfotografia.net]

quarta-feira

 
manual de fotografia digital
Adaptado a partir do site
http://www.bancodaimagem.com.br/artigos/

Ficheiro adicionado com o apoio de:
Jorge Folha
do Forum forum fotografia.net
Autor do Texto Original - Roberto Negraes
Adaptação de - Luís Rocha

quinta-feira

 

Nova Imagem Gráfica do MEF


desenvolvida por Luís Gonçalves


 

Curso de Iniciação à Fotografia


quarta-feira

 

O MEF e a A BARRACA - O mistério da camioneta fantasma

Ficha Artística e Técnica

Texto, encenação, luz, programa: Hélder Costa

Cenografia: José Manuel Castanheira
Figurinos: Maria do Céu Guerra
Animação Gráfica: Pedro Massano
Coreografia: Bruno Cochat
Adereços: Luís Thomar, Sérgio Moras, José Carlos Pontes
Luminotecnia: Fernando Belo
Sonoplastia: Rui Mamede
Relações Públicas e Produção: Elsa Lourenço
Secretariado: Maria Navarro
Costureira: Inna SirykMontagem: Mário Dias
Bilheteira: Sandra Filipe

Fotografia: Luís Rocha e Movimento de Expressão Fotográfica (Ana Pinto, Miguel Rodrigues, Rodolfo Barros, Tânia Araújo e Tiago Brás)

Agradecimentos: Pedro Massano, Alexandre Delgado, José Manuel Osório, António Jorge Branco, António Melo, Irene Pimentel, Sara Pereira, José Luís, Luís Rocha e Movimento de Expressão Fotográfica, Manuel Luzio, Mariana Abrunheiro

terça-feira

 

Cursos de fotografia para pessoas portadoras de deficiências visuais extremas

Nome do projecto - Imagine Conceptuale III
Luis Rocha - MEF - Formador
Sofia Neuparth - CEM - Formador
Tânia Araújo - MEF - Formador

O projecto Imagine Conceptuale
(cursos de fotografia para pessoas portadoras de deficiências visuais extremas)
começou com uma interrogação:
"que percepção terá da fotografia uma pessoa que não vê, ou que vê muito pouco?"

Em 2003 o fotógrafo Luís Rocha, em representação do
MEF - Movimento de Expressão Fotográfica,
decidiu interpelar sobre o assunto a
APEDV - Associação Promotora de Emprego de Deficientes Visuais.

O entusiasmo de poder "aumentar o real" até um ponto em que se torna perceptível, até para um amblíope em alto grau, aliou-se ao aliciante "conceptual" de produzir um objecto artístico cuja comunicação com o público se desse exactamente através do sentido que o autor menos domina: a visão.

O resultado foi um empenho fortíssimo, uma atenção desmesurada e um quotidiano cheio de novas descobertas: podemos fotografar o que ouvimos, o que sentimos, até o que imaginamos.

Podemos produzir imagens que, ainda que não tenham nascido de uma conceptualização puramente visual, são visualmente significantes para quem as olha, e transmitem através do olhar aquilo que pode ser a sua ausência.

Este ano o Imagine Conceptuale III integra-se no projecto global do MEF-Movimento de Expressão Fotográfica - DAS/CML, sob a designação Projecto_Lisboa ( projectolisboa.blogspot.com).

Nesse âmbito, os alunos vão revisitar as suas memórias visuais (do tempo em que viam bem) para a criação de conceitos imagéticos sobre as suas imagens.

Em parceria com o CEM - Centro em Movimento, o conceito do projecto passará a conter não só a vertente da imagem como também o da procura da expressão do corpo, da pesquisa interior, de uma introspecção em que buscaremos as nossas histórias.
Sendo que o desafio (Imagine Conceptuale III) será lançado também a pessoas sem deficiências visuais, estas terão que abordar a temática do projecto com a mesma ausência visual.

O projecto, culminará com uma exposição própria e, posteriormente, integrará a exposição global do Projecto_Lisboa, em Junho de 2006.

Entidades envolvidas no projecto:
MEF - Movimento de Expressão Fotográfica
Oficina da Fotografia - DAS/CML,
APEDV - Associação Promotora de Emprego de Deficientes Visuais,
CEM - Centro em Movimento.

Inicio em Novembro: datas a anunciar

quarta-feira

 

Das artes do mundo

Espreitando um blog de culto, partilho um poema de excepção.

...

Se perguntarem: das artes do mundo?

Se perguntarem: das artes do mundo?
Das artes do mundo escolho a de ver cometas
despenharem-se
nas grandes massas de água: depois, as brasas pelos recantos,
charcos entre elas.
Quero na escuridão revolvida pelas luzes
ganhar baptismo, ofício.
Queimado nas orlas de fogo das poças.
O meu nome é esse.
E os dias atravessam as noites até aos outros dias, as noites
caem dentro dos dias - e eu estudo
astros desmoronados, mananciais, o segredo.

(Herberto Helder)

terça-feira

 

Saída do Photogramas

Comunicado do MEF – Movimento de Expressão Fotográfica
(este comunicado foi inicialmente colocado no site photogramas)

Saída do Photogramas

O photogramas nasce com dois objectivos:
Para que os alunos do Curso de Fotografia Aplicada da altura pudessem colocar as suas imagens on-line e que as mesmas fossem comentadas pelo formador e pelos colegas.
Num outro objectivo pretendia-se criar um espaço para quem não se revisse nos sites até à data disponíveis e passasse a ter no photogramas o seu local.

Mais tarde o site foi aberto à comunidade do mef de uma forma geral.
Já com o site on-line começam a chegar frequentadores de fora do mef e do curso.

Como o photogramas tinha sido pensado para consumo interno, não foi acautelada a forma de entrada, não se tinha pensado em regras nem em directrizes pois essas estavam sobejamente implícitas com os frequentadores iniciais.

Houve sempre a tentativa de criar por parte do MEF um trabalho dentro de um determinado conceito de imagem mais alternativa/experimentalista, mas acima de tudo colocar on-line imagens de qualidade.

Pensamos que no início de vida o photogramas conseguiu ser um bom terreno de debate e de evolução na fotografia.

Mas algo falhou, falhou dentro da própria vastidão que é o MEF, com alunos, sócios e companheiros oriundos de locais diferentes e neste confronto “mef” não soubemos aprender uns com os outros, o choque foi inevitável e começaram as saídas de alguns dos elementos.

Outro choque foi com a “gente” de fora, não foram aceites alguns dos comentários, não foram aceites algumas das atitudes e durante algum tempo criou-se um clima menos favorável.

Outra falha foram as regras (até a uma determinada altura quase inexistentes) terem começado a mudar ao sabor do vento, conforme ia a maré.

E por “N” razões instala-se o desinteresse e abandono por parte da maioria dos frequentadores do site.
E a partir de um determinado momento deixa de fazer sentido para o MEF a continuidade da sua colaboração no site, afastando-se também.

Depois de muita luta, mais ou menos inflamada, com mais ou menos dedicação, acha o MEF que o actual estado do site já não corresponde aos objectivos iniciais e que este novo figurino não diz muito à filosofia pretendida.

Não faz sentido para nós continuar um projecto desta forma.

Queremos agradecer aos que por aqui andaram a partilhar connosco dúvidas e incertezas, aos que colocaram um pouco de si neste site.

MEF – Movimento de Expressão Fotográfica

segunda-feira

 

O que é a fotografia?

Para mim a fotografia é um documento, uma forma de registo.
A sua linguagem passa por ser uma narrativa visual, uma mensagem contida na própria imagem e um simples testemunho que se quer transmitir, preservar e imortalizar.

A fotografia vale por si mesma...

Dependemos sempre da sensibilidade do fotógrafo, da sua persistência, da sua forma de olhar, do seu conhecimento técnico, do seu nível cultural e principalmente do seu trabalho criativo e intelectual para que tudo isto possa ser visível quando olhamos para uma imagem.

 

Curso de fotografia em Marvila para Jovens

De Janeiro a Setembro de 2005 o Espaço LX Jovem e a Junta de Freguesia de Marvila promoveram ateliers de fotografia para os jovens da Freguesia com o apoio técnico e pedagógico do MEF - Movimento de Expressão Fotográfica.

Estes ateliers nasceram com o intuito de construir junto dos jovens, conceitos como a leitura crítica da realidade, convivência de grupo, cidadania e ética,promover a auto-estima e possibilitar uma identidade com a sua família e sua comunidade.

Ao longo do tempo foi dada especial importância à comunicação dos jovens com os espaços da Freguesia, através da exploração fotográfica dos mesmos. Promoção das competências técnicas dos jovens sobre: composição, fotogenia, funcionamento da câmara escura, luz e utilização de uma máquina fotográfica manual e de câmara fotográfica Pinhole, passando pelo uso e aprendizagem da fotografia digital.

Levar aos jovens da Freguesia processos fotográficos com os quais se sentissem familiarizados.

Como objectivo final, o curso tinha a realização de uma exposição que está patente no Espaço LX-Jovem no Bairro do Armador em Lisboa e que contém uma pequena mostra dos trabalhos efectuados ao longo do mesmo.

quinta-feira

 

Novo site

A partir de hoje o site da APAF
(Associação Portuguesa de Arte Fotográfica)
passa a estar disponível em:

http://www.apaf.com.pt/

Arquivos

Dezembro 2004   Janeiro 2005   Fevereiro 2005   Março 2005   Abril 2005   Maio 2005   Junho 2005   Julho 2005   Agosto 2005   Setembro 2005   Outubro 2005   Novembro 2005   Dezembro 2005   Janeiro 2006   Março 2006   Abril 2006   Maio 2006   Junho 2006   Julho 2006   Setembro 2006   Outubro 2006   Novembro 2006   Janeiro 2007   Fevereiro 2007   Março 2007   Dezembro 2007   Março 2008   Agosto 2008   Abril 2009   Maio 2009   Junho 2009   Julho 2009   Setembro 2009   Outubro 2009  

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Subscrever Mensagens [Atom]